2 de Maio de 2021

Juíza Ana Beatriz Maia (TJMA) coordena Casamento Comunitário em formato virtual

O link para gerar os formulários de inscrição estará disponível a partir das 08h00 deste dia 03/05

A tônica “quem quer faz” representa muito bem a Juíza Ana Beatriz Jorge de Carvalho Maia, titular da 2ª Vara Cível da comarca de Imperatriz. Responsável pelo projeto Casamento Comunitário na comarca, a Magistrada coordena a realização de uma edição totalmente online.

A Juíza que ocupa o cargo de Representante do Conselho Deliberativo da Anamages pelo Maranhão assina seus projetos com afinco, o que já lhe rendeu importantes reconhecimentos. Em 2018, a Juíza conquistou o Prêmio Conciliar é Legal, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e no mesmo ano recebeu uma premiação da categoria “Juiz Individual da Justiça Estadual”, por meio do projeto desenvolvido na comarca.

Como o projeto é pioneiro, serão ofertadas 100 vagas, com abertura das inscrições nesta segunda-feira, dia 03 de maio, até o dia 14 de maio de 2021 (ou até se esgotarem as vagas). O link para gerar os formulários de inscrição estará disponível a partir das 08h00 deste dia 03/05, nos sites e plataformas abaixo, conforme regulamentado pela Portaria-TJ – 15972021: TV Mirante Imperatriz: https://imirante.com;  Corregedoria Geral de Justiça do TJMA: https://www.tjma.jus.br/site/cgj; Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão: https://www.tjma.jus.br/; Fórum Ministro Henrique de La Rocque de Imperatriz:
https://www.youtube.com/channel/UC4GVflR2pOg4t0-X4wjJnww;
https://www.facebook.com/forumcomarcadeimperatriz/?ti=as;
https://www.instagram.com/forum_itz/?r=nametag;
E-mail – diretoria_itz@tjma.jus.br e telefones:   (99) 3529-2038  e (99) 98815-0006.

A Magistrada argumenta que o projeto Casamento Comunitário tem fomentado a regularização da união civil entre as pessoas no Estado do Maranhão desde 1998. Todavia, com a pandemia e todas suas implicações sanitárias de extensão mundial, inviabilizaram a continuidade do projeto em seu formato presencial. “Ciente da importância do projeto para sociedade, com a finalidade de prover a todos cidadãos o exercício da cidadania, acessibilidade a justiça, o Fórum de Imperatriz apresenta aos cidadãos de Imperatriz Projeto Casamento Comunitário em uma nova versão totalmente online, visando a promoção direitos humanos, a proteção e consolidação da família como núcleo social, a ampliação e segurança dos direitos civis, patrimoniais, sucessórios e previdenciários, entre outros”.

A Juíza Ana Beatriz pondera que nada se faz sozinho, e a construção do projeto  somente foi possível com o apoio da Corregedoria Geral de Justiça, do Tribunal de Justiça do Maranhão, em parceria Laboratório de Inovação, Vivo (Telefônica Brasil), Takashi Propaganda Ltda, Artistas, e demais Instituições Públicas, privadas, com uma realização da TV Mirante.