21 de julho de 2020

Anamages repudia manifestação da Ajufe

Reconhecida por defender de forma intransigente os direitos dos Magistrados Estaduais, a Associação Nacional dos Magistrados Estaduais (Anamages) repudia veementemente a nota emitida pela Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) sobre o fato envolvendo um Magistrado Estadual, no litoral santista. 

Inicialmente, não cabe à Ajufe a função correicional de quem quer que seja, especialmente de Magistrado estadual. 

Notadamente por congregar Magistrados, a Ajufe deveria, se assim pretendesse emitir qualquer juízo de valor sobre tal fato, seguir princípios constitucionais caros ao Estado Democrático de Direito e à Magistratura, como o contraditório e a ampla defesa, oportunizando ao Magistrado paulista  apresentar sua versão sobre o contexto em que se deram tais fatos, divulgados fragmentadamente pela mídia.

Associação defende com veemência os seus Associados e não faz juízo de valor sobre a conduta destes.  

A Anamages continuará sempre defendendo os direitos e prerrogativas dos Magistrados Estaduais.

Diretoria Executiva e Conselhos Deliberativo e Fiscal da Anamages