Minha conta
10/02/2017

Presidente do TJGO visita obra de reforma do fórum de Goiatuba

O fórum da comarca de Goiatuba foi destruído num incêndio criminoso no dia 10 de agosto do ano passado.

O presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), desembargador Gilberto Marques Filho, visitou nesta sexta-feira (10) a obra no fórum da comarca de Goiatuba, destruído num incêndio criminoso ocorrido no dia 10 de agosto do ano passado. Além disso, acompanhado de sua comitiva, ele foi até a Faculdade de Filosofia (Fafich), Ciências e Letras de Goiatuba, local onde funcionam provisoriamente as instalações do Poder Judiciário local.

Os três juízes da comarca, Sabrina Rampazzo de Oliveira, diretora do Foro, Marcus Vinícius Alves de Oliveira e Débora Letícia Dias Veríssimo receberam o presidente e sua comitiva, composta pelo ouvidor-geral da Justiça, desembargador Itamar de Lima, e desembargador Olavo Junqueira, que foi encarregado de acompanhar o desenvolvimento dos trabalhos na comarca.

Gilberto Marques Filho se reuniu com o proprietário da construtora responsável pela reforma, Leonardo Nunes, e com engenheiros. A expectativa, segundo eles, é que na primeira semana de abril o Tribunal do Júri e todas as escrivanias fiquem prontas e, no dia 30 do mesmo mês, a entrega provisória da reforma. “Toda minha estrutura está voltada para entrega do prédio. Aqui é o meu foco total”, garantiu Leonardo Nunes.

A visita à obra demonstra também a preocupação do presidente com as comarcas do interior. Segundo ele, o gestor tem de sair do gabinete e ver de perto a realidade de cada local. "Eu tenho este estilo de trabalhar. Enquanto corregedor e no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) visitei vários locais. Sempre fui assim e agora na Presidência do Tribunal não seria diferente. Temos de andar e ver as coisas acontecerem, senão não acontece", destacou, ao lembrar que enquanto corregedor-geral da Justiça visitou todas as regiões no Estado.

O desembargador-presidente mencionou ainda o carinho que tem por Goiatuba, uma vez que é “filho da região", já que nasceu em Buriti Alegre. "Além disso, sou Cidadão Goiatubense por opção da própria comunidade. Aqui eu me sinto em casa", completou.

De acordo com a diretora do Foro da comarca, Sabrina Rampazzo de Oliveira, o desembargador Gilberto Marques sempre se mostrou acessível e a visita dele à comarca de Goiatuba renova a esperança dos servidores da Justiça, advogados e jurisdicionados, "além de reforçar a ideia de que juntos a gente consegue". "Receber a visita do cargo mais alto do nosso Poder Judiciário é extremamente significante. A sensação de desamparo acaba. Nós sozinhos não damos conta. Diretor de Foro nenhum é preparado para um incêndio desta proporção. A presença dele aqui é fundamental e é digna de aplausos, elogios e reconhecimento", observou, ao lembrar que na posse coletiva dos diretores do Foro, o desembargador-presidente passou o número do seu celular pessoal a todos os presentes.

Guerreiros

A magistrada ainda fez questão de agradecer aos servidores que, segundo ela, apesar de não estarem com a estrutura que tinham no fórum, continuam fazendo seu trabalho com competência. "Quero deixar registrado também o meu agradecimento aos servidores guerreiros, que estão firmes mesmo diante de tudo o que aconteceu. Eu considero que além da capacidade técnica, vocês têm muita bravura e o que eu mais vejo aqui é a união da força de cada um", finalizou.

O encontro contou com a presença do diretor de Obas do TJGO, Luiz Cláudio Dias Ferreira, e engenheiros do Tribunal; do chefe do Gabinete Militar do TJGO, coronel Wellington de Urzêda Mota; do deputado estadual, Álvaro Guimarães; do prefeito de Goiatuba, José Alves; o presidente da Fundação de Ensino Superior de Goiatuba (FESG), Vinícius Borges Di Ferreira; diretor pedagógico da Fafich, Gilmar Vieira de Rezende; do vice-diretor da faculdade, Rogério Henrique; coordenador do Curso de Direito, Laislla Ferreira Morais.

Fonte: TJGO.

 

COMENTÁRIOS