Minha conta
07/11/2017

Na BA, projeto é recomendado a receber certificação ISO 9001

A certificação tem por base padronizar rotinas e fluxo de trabalho.

O projeto Cartórios Integrados das Varas de Relação de Consumo do Tribunal de Justiça da Bahia foi recomendado para receber a certificação ISO 9001. O título reconhece a implantação de um Sistema de Gestão da Qualidade nas cinco primeiras unidades judiciais criadas em Salvador.

No início da tarde desta segunda-feira (6) a representante da empresa contratada para fazer a auditoria no sistema de gestão da qualidade do TJBA, Ineivea Farias, deu a notícia à presidente Maria do Socorro Barreto Santiago.

A certificação tem por base padronizar rotinas e fluxo de trabalho. Os cartórios integrados são vinculados às unidades judiciais de Primeiro Grau e, de acordo com o diretor adjunto da Diretoria de Primeiro Grau, João Felipe Menezes, o fluxo de trabalho ganhou novo impulso a partir da nova metodologia.

“Com a chegada dessa tecnologia, de todo esse controle e preocupação com a qualidade, aperfeiçoamos o nosso trabalho, a fim de atingirmos os requisitos exigidos pela norma. Conseguimos mapear tudo. Sabemos, por exemplo, onde está um processo que, porventura, um ato tenha ocorrido equivocadamente”, explicou.
As instruções de trabalho também estão mapeadas. Segundo o diretor adjunto, o servidor que acabou de chegar no serviço público já sabe como vai desenvolver a sua atividade.
“Isso era inexistente para o Tribunal de Justiça em termo de mapeamento de atividades e a partir desse mecanismo se tornou realidade. Hoje temos um ganho muito grande e conseguimos atingir esse nível de excelência com os cartórios integrados”.
Para o controlador chefe, Danilo Santana, responsável pelas auditorias do TJBA, essa conquista representa um avanço para o Tribunal de Justiça da Bahia. “O Sistema de Gestão da Qualidade no TJBA começou a ser implantado em novembro de 2016 e, hoje, temos o resultado do trabalho”, disse.

Em Salvador, além dos cinco cartórios integrados de Relação de Consumo, há uma unidade na área de família, instalada na semana passada.

Ainda na atual gestão será instalada o primeiro Cartório Integrado Cível, reunindo a 1ª, 3ª, 5ª, 8ª e 10ª Varas Cíveis e Comerciais da comarca da capital. No interior, Itabuna foi a primeira comarca a receber uma unidade, em setembro de 2017, com a implantação do Cartório Integrado Cível.

Fonte: TJBA.

COMENTÁRIOS