Minha conta
11/05/2017

Dados de crianças aptas a adoção ganham atualização diária no RS

As informações constam na página da Infância e Juventude do estado.

A tabela com dados de crianças e adolescentes aptos a adoção no Rio Grande do Sul passou a ser atualizada diariamente. Antes, a atualização era mensal. A medida acelera a disponibilização dos dados das crianças e adolescentes aos habilitados a adoção. As informações constam na página da Infância e Juventude do estado.

Com a identificação preservada (constam as iniciais dos nomes) é possível obter informações básicas como idade, sexo, raça e situação jurídica dos jovens que buscam um lar definitivo.

Pretendentes habilitados podem fazer a consulta desde 5 de dezembro último. O objetivo é ampliar as chances de adoções de difícil colocação. Para manifestar interesse por uma das crianças ou adolescentes listados deve-se entrar em contato com a Coordenadoria da Infância e Juventude do RS (CIJRS), por email.

O Rio Grande do Sul conta com 573 crianças e adolescentes aptos no Cadastro Nacional de Adoção (CNA) do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e em torno de 5.375 habilitados disponíveis.

O projeto é executado pela CIJRS, em parceria com os magistrados da Infância e Juventude e suas equipes. O magistrado determina a remessa dos dados básicos do jovem para inscrição no projeto, certificando que não foram localizados pretendentes compatíveis ao perfil no CNA. As informações passam a constar na tabela disponível no site do JIJ. O envio dos dados pelos magistrados à CIJRS pode ocorrer a qualquer tempo.

O contato inicial dos interessados na adoção destas crianças/adolescentes será com a equipe da CIJRS, que irá verificar se a pessoa é habilitada para adoção e, em caso positivo, será encaminhado seu contato para a Comarca de origem da criança ou adolescente para proceder as demais avaliações e procedimentos. Caso a pessoa não seja habilitada, ela receberá as orientações para encaminhar seu processo de habilitação, na comarca de residência.

Fonte: TJRS

COMENTÁRIOS