Minha conta
29/04/2016

Primeira obra sustentável do Judiciário no Centro-Oeste, Fórum Verde completa 5 anos

Foi lançada ainda edição comemorativa do Informativo Fórum Verde em Destaque sobre a vida e obras do Desembargador Joaquim de Sousa Neto.

O fórum destaca-se por sua construção inovadora

O Fórum Desembargador Joaquim de Sousa Neto, localizado em Brasília, comemorou cinco anos nesta sexta-feira (29/4). Conhecido como Fórum Verde, a edificação é a primeira obra do Centro-Oeste e do Judiciário brasileiro reconhecida como sustentável. Para celebrar a data, na cobertura do 5º andar do fórum, foi realizada a exposição “Brasília e o Fórum Verde em postais”, na qual podem ser conferidos postais dos monumentos de Brasília e do Fórum do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT), feitos pela artista plástica Malu Engel.

Foi lançada ainda edição comemorativa do Informativo Fórum Verde em Destaque sobre a vida e obras do Desembargador Joaquim de Sousa Neto, que dá nome ao lugar. Desde 2011, época da inauguração, o Fórum abriga a Vara do Meio Ambiente, Desenvolvimento Urbano e Fundiário e as oito Varas da Fazenda Pública do Distrito Federal, nas quais atuam 15 magistrados (titulares e substitutos) e, aproximadamente, 230 colaboradores, entre servidores, terceirizados e estagiários.

O fórum destaca-se por sua construção inovadora, que colocou o TJDFT como a primeira instituição judicial do país a integrar conceitos ecologicamente reconhecidos. A edificação, entre muitos outros detalhes, aproveitou ao máximo, em todos os ambientes, a iluminação natural e a ventilação cruzada, o que garantiu a redução do uso de iluminação artificial e de ar-condicionado.

O fórum possui uma Estação Compacta de Tratamento de Esgoto (ETE) e um sistema de captação de águas pluviais. A medida contribui para economia de água, uma vez que a irrigação das floreiras e do gramado é feita com a água da ETE e o abastecimento das bacias sanitárias, com a água captada das chuvas.

Fonte: CNJ

COMENTÁRIOS